quinta-feira, 5 de novembro de 2009

SONETO



"Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói e não se sente,
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.


É um não querer mais que bem querer,
é um andar solitário por entre a gente,
é nunca contentar-se de contente,
é um cuidar que se ganha em se perder.


É um querer estar preso por vontade,
é servir a quem vence, o vencedor,
é ter com quem nos mata lealdade.


Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo amor?"

Luiz Vaz de Camões (1525-1580)
Para muitos, o maior poeta português, autor de " Os Lusíadas".

9 comentários:

disse...

Oi minha amadinhaaaa!!! Tô aqui!!! Tudo bem??? Saudadesssss
Vim deixar adivinha o que? Isso mesmo, meu carinho... Bjsssss

disse...

Vc é sempre bem vinda!!! Existem 3 acminhos pra chegar a mim: Butterflies, Mimos da Lê e Black and White... Se um estiver temporariamente fechado, nos outros as portas estarão escancaradas pra receber vc!!! Obrigada pelo recadinho, ela entrou nesse aqui, assira e seu carinho chegou gostosinho de viver....
Bjsssssssss
Tiadoro minha lindaaaa

Adolfo Payés disse...

Un bello poema.. gracias por compartirlo..

Un beso

Un abrazo
Con el saludos fraterno de siempre..


Que tengas un buen fin de semana...

Irene Moreira disse...

Nereida falar de amor é juntar tantas formas e se pensarmos bem um amor que dure, verdadeiro tem que ter amizade, e veja como Luiz Camões transborda do fundo da alma essa última estrofe do seu SONETO numa pergunta fantástica ... nos corações humanos amizade, se tão contrário a si é o mesmo amor?
Obrigado por nos deliciar com essas postagens tão lindas. Agradeço tb a sua presença constante em meu cantinho , as palavras de carinho e incentivo que me encantam. Bjs

nereida disse...

Amigos, gostaria que vocês soubessem o quanto de alegria me trazem com os seus carinhosos comentários...
Nãda dá mais prazer( sei que vocês também sentem assim!)do que a gente escolher uma postagem com carinho, cuidado , empatia com o texto e a imagem e os amigos especiais também sentirem familiaridade com a mensagem. Obrigada pelo carinho.

Graça Tristão disse...

AMIGA NEREIDA..."CAMÕES É CAMÕES" E SEM DISCUSSÃO...COMO SEMPRE TOCANTE!
PASSANDO PARA DEIXAR UM ABRAÇO E DESEJAR UM LINDO FDS CHEIO DE LUZ E PAZ TE ILUMINANDO...
BJCAS
GRAÇA

{♥Åññä Lµí§ä♥}_L€ØNARÐØ disse...

Bom Diaaaaaa!
Tem um Selinho no meu Blog para você espero que goste...
Sorria seu Blog está sendo Visitado por quem te gosta!

Um belo dia para você e um excelente Final de Semana ...beijoss fica com Deus!

Silvana Nunes .'. disse...

BOM DIA.
Em primeiro lugar gostaria de agradecer o carinho de suas palavras para com o meu trabalho, trabalho este que faço com muito carinho e dedicação para vocês, embora muitos e muitos problemas estejam por trás. O seu cantinho também é genial, adorei.
Contar histórias é um exercício fantástico, eu faço isso naturalmente. Na verdade todos nós temos um pouco de contador...
Bem, hoje a minha história para vocês é de DOM SEBASTIÃO - uma das minhas preferidas, espero que aprecie.
Volte outras vezes,
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... terá sempre uma história para contar.
Beijo grande.
Que a PAZ e o BEM esteja sempre com você.
Saudações Florestais !

Carlos Albuquerque disse...

Olá Nereida

Sem dúvida, Camões e, se permite, Fernando Pessoa.
--
Respondo à pergunta que me fez no meu blog.
Minha amiga utilize o texto que quiser. É seu, é nosso, da blogosfera, deste mundo de amigos que estamos criando, deste e desse lado do mar.
Beijos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails